Início » Imitação: outro pré-requisito pra fala

Imitação: outro pré-requisito pra fala

Desde muito cedo, nós, seres humanos, possuímos uma incrível capacidade de copiar coisas que vemos, ouvimos e fazemos. Isso começa  desde a nossa tenra infância, quando somos bebês curiosos e observadores por natureza. As crianças têm essa habilidade inata de observação, imitação e, assim, conseguir aprender uma infinidade de coisas.

A imitação desempenha um papel fundamental na jornada de aprendizado da linguagem. Quando uma criança começa a se comunicar, ela começa imitando movimentos faciais, sons, e, à medida que cresce, começa a repetir palavras e frases que ouve. Isso começa como uma imitação simples, mas à medida que a criança cresce, ela começa a dar sentido às palavras e a usá-las de forma funcional em diferentes contextos.

Os jogos vocais, como fazer sons engraçados ou imitar barulhos, que as crianças gostam de fazer, são, na verdade, exercícios essenciais para o desenvolvimento da fala. Além disso, esses jogos também ajudam as crianças a aprender a comunicar intencionalmente, ou seja, a expressar o que desejam.

É importante destacar que, se uma criança não consegue imitar movimentos motores; provavelmente, também tenha dificuldade em imitar sons e palavras. Para imitar com sucesso, a criança precisa ter contato visual, interagir, ser capaz de olhar para os outros, prestar atenção ao que está acontecendo e compartilhar esse momento de observação.

No entanto, algumas crianças têm dificuldade nesse aspecto e desafios podem surgir. Dificuldades com contato visual, atenção compartilhada e interação social podem prejudicar a capacidade de imitar e, consequentemente, a aquisição da linguagem. Para essas crianças, a fala precisa ser mais significativa e adaptada às suas necessidades específicas.

E … como ajudá-las?

  • Faça sons engraçados, como “uhuuu”, “tchibum”, e encoraje a criança a repetir.
  • Imite as ações e vocalizações da criança. Por exemplo, se a criança bate palmas, imite o gesto e incentiva que ela faça novamente.
  • Use brinquedos para incentivar a imitação. Mostre como usar um brinquedo de forma específica e encoraje a criança a copiar.
  • Brinque com jogos que exijam imitação, como “pega-pega”, que também, pode trabalhar mais o contato visual.755-2imitação

Todo esse processo, que vai desde o desenvolvimento de habilidades visuais até o aprimoramento da fala, requer paciência, dedicação e a implementação de estratégias especializadas. Essas estratégias devem ser integradas aos programas de ensino projetados para essas crianças, a fim de promover seu desenvolvimento linguístico e comunicativo de maneira eficaz.

Aprendendo Juntos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo