Início » Dicas para organizar a rotina de uma criança com TDAH

Dicas para organizar a rotina de uma criança com TDAH

A organização do dia de uma criança com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) pode ser desafiadora, mas com algumas estratégias específicas, é possível ajudar a criança a ter um dia mais produtivo e tranquilo.

Aqui estão algumas dicas:

Rotina Consistente:

Crianças com TDAH se beneficiam de rotinas consistentes. Estabeleça horários regulares para acordar, comer, fazer a lição de casa e ir para a cama. Mantenha essa rotina nos finais de semana também, sempre que possível.

Plano Diário Visível:

Use um quadro de rotina ou uma lista visual que a criança possa ver facilmente. Pois, isso ajuda a lembrar das tarefas diárias e da ordem em que devem ser realizadas.

Divisão de Tarefas:

Divida as tarefas em etapas menores, sempre que for possível. Isso torna as atividades mais gerenciáveis e ajuda a criança a evitar a sensação de sobrecarga.

Temporizador:

Use um temporizador para definir limites de tempo para tarefas, como brincar, fazer a lição de casa ou assistir à TV. Isso ajuda a criança a focar nas atividades e a se preparar para a transição para a próxima tarefa.

Local de Estudo Organizado:

Crie um ambiente de estudo organizado, com poucas distrações. Mantenha os materiais escolares organizados em pastas ou prateleiras.

Recompensas e Reforços Positivos:

Use um sistema de recompensas para incentivar o bom comportamento e a conclusão de tarefas. Pequenas recompensas imediatas podem ser mais eficazes do que recompensas a longo prazo.

Exercícios e Pausas:

Inclua pausas para atividade física ao longo do dia. O exercício pode ajudar a liberar energia e melhorar o foco.

Alimentação Saudável:

Uma dieta equilibrada pode fazer uma grande diferença. Evite alimentos ricos em açúcar e cafeína, que podem aumentar a hiperatividade.

Sono Adequado:

Certifique-se de que a criança esteja dormindo o suficiente. Um bom sono é crucial para o controle do TDAH.

Comunicação Aberta:

Mantenha linhas de comunicação abertas com a escola e os professores para que eles possam ajudar a adaptar as estratégias à sala de aula.

 

Experimente diferentes estratégias e ajuste-as de acordo com as necessidades específicas do seu filho e da sua família. Além disso, seja paciente e continue oferecendo apoio emocional e incentivo para o desenvolvimento da criança.

Aprendendo Juntos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo